A 1ª Festa Literária de Tangará da Serra reunirá autores, leitores, estudantes, professores, especialistas e público para, a partir da leitura, promover a aproximação entre os participantes e o universo da literatura. A FLIT acontecerá no Centro Cultural “Pedro Alberto Tayano Filho” nos dias 12, 13 e 14 de maio de 2021, respeitando todos as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), bem como a autonomia das autoridades e dos decretos emitidos em virtude da pandemia de Covid-19. A programação será transmitida ao vivo na página oficial do evento no Facebook.

De acordo com dados divulgados da última pesquisa Retrato da Leitura, o Brasil perdeu 4,6 milhões de leitores entre os anos de 2015 e 2019. O estudo considera leitor aquele que leu, inteiro ou em partes, pelo menos um livro nos últimos três meses. Seguindo estes dados, o Ibope Inteligência estima que apenas 60 milhões de brasileiros são considerados leitores.

Não obstante, outro aspecto que influencia no baixo índice de leitores são os fatores político-econômico-sociais do Brasil, que impossibilitam que a maioria da população tenha acesso aos livros e à leitura, bem como aos espaços culturais, como bibliotecas e centros de informação.

A FLIT contempla em seu entorno um rol diversificado de ações artísticas, culturais e de entretenimento, todas elas vinculadas à cultura em geral, em especial ao tema do evento. Destacam-se dentre as atividades propostas: palestras, homenagem a um(a) escritor(a) local, apresentações de teatro, dança e música.

É com este conceito que a FLIT busca promover gratuitamente um evento cultural de qualidade, promovendo a arte e a cultura, incentivando e dando mais visibilidade aos escritores locais, promovendo negócios e contribuindo para o segmento do turismo cultural e criativo de Tangará da Serra.

Objetivo Geral

Fortalecer o turismo cultural e literário local, dinamizar o mercado livreiro e editorial de Mato Grosso, promover o intercâmbio e diálogo entre toda a cadeia produtiva do livro, atrair lançamentos, estimular a diversidade de títulos, autores e a realização de inúmeras atividades de incentivo e valorização da leitura, da arte e da cultura.

Objetivos Específicos

  • Incentivar a prática da leitura;
  • Promover a reflexão do tema a ser abordado;
  • Apoiar o fortalecimento da cadeia produtiva do livro, leitura e literatura;
  • Fortalecer a valorização de autores locais Mato-grossenses, estimulando a conexão de saberes e conhecimento;
  • Realizar palestras e aproximar estudantes, professores, crianças e jovens em processo de inclusão e democratização ao mundo do livro e da leitura;
  • Promover diversas manifestações artísticas-culturais;

Tangará da Serra

Foto: RS Imagens

Tangará da Serra é um município localizado na região sudoeste do estado de Mato Grosso, situado a 241 quilômetros de Cuiabá. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade conta com população estimada em 105.711 habitantes. Considerada um dos polos regionais de Mato Grosso, Tangará da Serra é o 5º maior município entre as 141 distribuídas pelo território da unidade federativa em que está inserida. Um levantamento da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec) aponta que a cidade conta com 780 leitos e 20 estabelecimentos que integram sua rede hoteleira.

Pontos turísticos

Cachoeira e Aldeia do Formoso

Situada a 80 km da cidade, uma das mais belas cachoeiras do município de Tangará da Serra, a ‘Cachoeira do Formoso’ está localizada em área indígena junto à Aldeia do Formoso. Para ir ao local é necessário de autorização. Além de visitar a aldeia, conhecer os costumes indígenas e comprar o artesanato local, é possível tomar banho de cachoeira após fazer um rapel de 40m. Outras atividades possíveis são a flutuação no Rio Bonito e a visita a gruta sagrada dos índios Paresí.

Cachoeira Salto das Nuvens

A 25 km de distância de Tangará, a cachoeira é formada pelo Rio Sepotuba tendo logo após a queda uma praia natural de água doce. Possui estacionamento, telefone público, lanchonete, loja de souvenirs, restaurante, locação para shows e eventos, sala de jogos, redário, deck para pescaria, hospedagem para 22 pessoas (chalé e casas).

Salto Maciel

Localizada a 40 km da cidade, indo pela MT 358, a cachoeira é formada pelo Rio Sepotuba com sequência de corredeiras entre rochas. Nela, o visitante pode tomar banho para contemplar a cachoeira e suas belezas naturais bem de perto. Visitação livre por tratar de uma área de preservação permanente.

Cachoeira Queima Pé

Uma das cachoeiras mais próximas ao centro da cidade (apenas a 6 km), possui 18 metros de altura e é possível tomar banho, fazer rapel guiado e cascading. (somente com reserva).

Pedra Solteira

Marco histórico que separa a cidade de Tangará da Serra do município de Nova Olímpia, situada na serra Tapirapuã. No local é possível a prática de escalada guiada.

Bosque Municipal

O parque natural Municipal Ilto Ferreira Coutinho, também conhecido como Bosque Municipal de Tangará da Serra, fica localizado na região central da cidade. Sua estrutura paisagística é formada basicamente por característica de floresta.

Cachoeira do Juba

Próxima à Gleba Triângulo, apresenta uma sequência de cachoeiras formando um espetáculo sem igual. Também deste rio se encontram duas hidroelétricas – Juba I e II, as únicas na América do Sul com baixo índice de impacto ambiental. O mergulho é o esporte ideal para ser praticado no Rio Juba.